segunda-feira, 25 de agosto de 2008

WWT (World Wide Telegraph)




Valcir, colaborador deste canto do hiperespaço, está pelas bandas do Corcovado e com dificuldades para acessar nossa página. Assim, enviou-me este telegrama solicitando a sua postagem imediata.
Está feito, segue abaixo.




Rio de Janeiro, 21 de agosto de 2008.



Dear Jonesy,



Espero que esta te encontre em paz, e que os seus gozem

de plena saúde.



As cartas antigamente começavam de forma elegante, não?

Fico feliz que você tenha tomado vergonha na cara e criado

um blog seu.

Sem desmerecer o blog Philosophy on Paper Napkin

(e vossas contribuições).

Mas já estava na hora de você aceitar o insistente desafio

que te proponho desde 1937, em ter um espaço com a tua

cara, para dividir com o resto da humanidade

pérolas de sua sabedoria.



Contribuirei entusiasticamente. Que o fato de ter levado

3 semanas para colocar o meu

primeiro post (é assim que chama?) não o leve a deduzir

menor o meu entusiasmo. Levei 14 dias para conseguir

fazer o cadastro no blog.

Outros sete procurando o til (~) no teclado desse notebook.

Mas, eis-me aqui. Digitalmente anacrônico,

reconheço (não tenho orkut, não tenho MSN e Apple para mim

é a gravadora dos Beatles). Mas, como seu fã

incondicional, lutarei contra minhas incapacidades tecnológicas

para abastecer este espaço com considerações,

no mais das vezes, irrelevantes.

Como não encontrei entrada nessa joça de computador para papel A4,

mandarei via Sedex este e os textos seguintes. Anexos seguem

os retratos para ilustrar o texto (para o meu perfil, uma foto

minha em que pareço o George Clooney e uma foto da nossa

turma em que, estranhamente, parecemos a Liga da

Justiça – aquele de vermelho e azul sou eu).



Por fim, gostaria de externar a satisfação de encontrar por essas

bandas (largas), além de V.Exa., a Aninha, o Beto, Simony e a

Zélia, dentre outros. Folgo em saber-me em tão boas companhias.



Yours truly,



The angry mob.




7 comentários:

Zélia Palmeira disse...

kkkkkkkkkkkkkkkkkk

Valcir,

Relutei, também, em abrir meu próprio blog até que a minha mais que cunhada, Letícia, me convenceu. Hoje, tenho lá o meu espaço e faço dele o que quero! Não sei se ouso ou não.Mas não tenho maiores intenções que dividir com os amigos o que penso. É uma honra para mim tê-los lá. Honra maior ainda, é poder estar aqui e dizer, também, o que penso. Além de me divertir com vcs por aqui.

God save the blog!!!

Tomara que vc consiga vencer logo as barreiras que esse espaço nos traz. É só questão de prática! ;)

Bjos!
Zélia

João Neto disse...

Isso sim é uma estréia com estilo! KKKKK! Na verdade sempre achei vc parecido com o Clark e não com o George. Responderei seu telegrama em breve. Quanto à foto em que, estranhamente, parecemos a Liga da Justiça, eu sou aquele cara de capa lá trás, perto do prédio.

Grande abraço e aguardo mais de suas contribuições.

Alice disse...

My Goodness.

Contribuições para o blog via sedex. Isso é novidade. Mas eis que gostei do texto. Irônico sem soar clichê. E também sempre achei que Apple fosse a gravadora dos Beatles. E creio que em 1937, blogs e coisas em geral eram bem melhores. Ainda bem, João, que você decidiu fazer parte dessa parafernália de escrever na internet. O mais estranho é que não se escreve de fato. Só digitamos. Escrever mesmo só o velho e bom manuscrito. E cartas sempre serão formais já que hoje em dia, ninguém escreve uma carta nem sob tortura.

E que caminhe o café. Estarei sempre lendo.

E notebook sempre será caderno, visto que sou professora de inglês. :)

Ana Fernandes disse...

Por um momento acreditei que era você na foto...kkkkk. Afinal faz tempo que não nos vemos.

Valcir, gostei de te ver em letras e espero que os entraves tecnológicos sejam vencidos para que possamos te ver mais vezes!

Da turma, qualquer semelhança com a liga da justiça não é mera coincidência.

Bjos.

Camilla Tebet disse...

Ps. deixei uma pergunta pra vcs no meu último post. Não costumo deixar esse tipo de mensagem, mas essa é só pra matar a curiosade. Se tive rum tempinho, passa lá.

Roberto Oliveira disse...

Seja bem vndo chefe.
já eu, não tive problemas tecnológicos...minha esposa sempre prestativa, me colocou aqui nesse espaço, se dependensse de mim teria passado mais do que 14 dias kkkkkk

poetriz disse...

Que aconchegante esse texto. Eu escrevo cartas ainda! Ou melhor, cartões! Vício que adquiri na faculdade. Roubo todas aqueles postais de propaganda e trato logo de transformá-los em pessoais.

Gostei da imagem da Liga da Justiça. Sou fã de quadrinhos e o desenho da LJ em especial, foi um dos melhores que já assisti.

Bjs!