terça-feira, 9 de setembro de 2008

A Crise dos Sete Anos

Crise? 11 de setembro de 2001... as torres gêmeas foram atingidas e o mundo mudou para pior... 10 de setembro de 2001... meu coração foi atingido e minha vida mudou... para melhor!

Esse ai é o meu presente...

Passei algum tempo nesses dias pensando em escrever algo, que pudesse descrever o quanto a nossa vinda pra Teresina significou pra mim.
Não sei exatamente como poderia começar, nem se vou terminá-la ainda hoje, mas queria muito que todo o meu sentimento pudesse ser traduzido com palavras e que elas viessem parar aqui tecladas por um duende. Mas já se passaram cinco minutos e a página continua em branco. Então, pelo visto, terei eu mesma que continuar a escrever, já que os duendes devem estar ocupados participando de algum filme que mostram que eles existem, ou brincando de esconde - esconde no jardim da Xuxa.
Não queria começar com frases prontas, mas vamos lá... “Podemos não entender os desígnios de Deus, mas Nele nos basta acreditar”. Foi assim desde o início. Muitas noites, e você não têm idéia de quantas, pedi a Deus que eu pudesse encontrar uma pessoa pela qual eu me apaixonasse, e ela por mim, casasse, mas que eu permanecesse na mesma cidade pelo resto dos meus dias. Tudo que eu queria era só um pouco de estabilidade, cotidiano, amigos de muito tempo, conhecer todas as ruas da cidade, conhecer todas as lojas do centro... O que eu não sabia, é que Deus me atendeu. Encontrei uma pessoa, pela qual me apaixonei e ela por mim, encontrei uma pessoa que está disposta a viver feliz junto comigo, que está disposta a se doar pra vida junto comigo e que dessa forma, estarei feliz esteja onde eu estiver, porque é estando ao seu lado que saberei crescer, suportar e enfrentar os desígnios que Deus tem pra mim, aliás, pra nós.
Mas na hora é difícil entender. Por que Deus faria isso comigo novamente? Eu achava que todas as minhas forças de enfrentar novas situações já haviam sucumbido. Mas, vamos lá, “quem está na chuva, é pra se molhar” (nossa, como essas frases prontas nos ajudam ehehehe).
E Ele, como acabamos de ver no filme “A volta do todo poderoso”, não nos deu o amor, mas nos deu a oportunidade de amar, nos deu a oportunidade de nesse casamento encontrarmos a felicidade como seres humanos, o verdadeiro significado do que é amar. Nos deu, com a nossa união, a oportunidade de aprender que na vida nem sempre é do jeito que planejamos, (estava tudo planejado na minha cabeça morarmos pro resto de nossas vidas em João pessoa, numa casa com filhos, cachorro e uma vizinha bem chata que eu pudesse reclamar dela todos os dias) que mera pretensão acharmos que planejamos algo nessa vida. Mas no nosso casamento temos a oportunidade de encontrar a paz pra crescer, suportar e enfrentar o que nos foi planejado. Então me questionei mais uma vez, e pensei: Por que não podemos saber o que nos vai acontecer pra que pudéssemos nos preparar psicologicamente? (falei “psicologicamente?” que ironia!!!! E eu pensando que a psicologia dos livros pudessem servir para compreender os desígnios de Deus) . E de alguma forma, dessas que não entendemos como, nem quando, acordamos com a resposta na cabeça, com o coração acalentado depois de uma noite cheia de questionamentos, ele me respondeu, (acredite, Deus ouve minhas orações e fala comigo todos os dias através do livro sagrado e do comportamento de outros homens e mulheres que vivem ao meu redor) e disse que não nos interessa o futuro. O que importa é o hoje, é como faremos pra viver apenas o dia de hoje. Beleza, ele só esqueceu de me dizer como conseguimos nos preocupar só com o dia de hoje, que pra ele deve ser apenas um detalhe, claro. E aí ele me deu as tarefas domésticas, as quais eu posso morrer de limpar a casa, mas ela não permanecerá limpa por todo o meu futuro, eu tenho que limpá-la todos os dias. E depois ele me deu algumas metas... permanecer com a casa sempre limpa e organizada, mas não a casa física, (essa acho que estou conseguindo fazer o meu trabalho direito) mas a casa mental, meu corpo, minha mente. Não basta eu acordar apenas um dia feliz, com disposição pra malhar, motivada pra estudar, que eu não conseguirei ficar magra pra sempre ( e isso dá pra perceber né ehehehe), nem inteligente pra sempre, eu tenho que malhar todos os dias, eu tenho que estudar todos os dias, eu tenho que cozinhar todos os dias, porque todos os dias precisamos nos alimentar de comida não só para o corpo, mas para a alma também. Porque o futuro só pode existir se fizermos algo hoje. “Só por hoje”, parece que ele já havia conversado com Renato Russo, mais alguns milhares de poetas e mais uma centenas de compositores, escritores que possuem músicas, poemas e livros que costumam dizer essa famosa frase “Só por hoje”. Parece que a fila é grande e eu estaria um pouco atrás, aliás, bem atrás, que só fui entender isso agora. Mas “sempre é tempo de aprender” !!!
Agora devo ter compreendido um pouco mais sobre a vida. Que venham as outras filas, que venham os outros acontecimentos!!!! Só por hoje, estou disposta a enfrentar tudo, mas com você sempre ao meu lado.

Simoni OLIVEIRA

5 comentários:

João Neto disse...

É isso Simoni, ninguém sabe mesmo quais são os propósitos de Deus. Muitas das situações que vivenciamos não nos fazem o menor sentido, e hoje eu penso que elas devem ficar assim mesmo, sem sentido. Não preciso encontrar a linha reta em tudo o que faço na vida, ou em tudo o que me acontece. Hoje creio que o importante é manter a cabeça erguida e continuar caminhando. Sejam bem vindos. Mal posso esperar para lhes dar aquele abraço gostoso!

poetriz disse...

Sabe, podem me apedrejar, mas eu acho que Deus gosta é de tirar sarro da nossa cara. Eu e Ele temos uma relação íntima também, coisa de pai e filha, acho que talvez além disso. Por isso Ele sabe muito bem do que eu estou falando...

E pra comprovar, tem até um trecho no texto, repara bem: "E aí ele me deu as tarefas domésticas, as quais eu posso morrer de limpar a casa, mas ela não permanecerá limpa por todo o meu futuro, eu tenho que limpá-la todos os dias."

É um senso de humor peculiar, realmente, não acha?!?

No mais, acredito Nele com todo o meu ser. E que Ele sempre sabe o que faz, independente da nossa vontade...

Bjs!

Mattoso disse...

Roberto luiz, vc colocou isso aqui foi!??!!! kkkkkkk. Então, brigada pelo seu presente também...beijosss

Ana Fernandes disse...

Beto e Simoni,

Estamos todos ansiosos pelo retorno definitivo de vcs! Vamos acabar com a saudade, que é compensada pelo msn né Simoni?

A torcida foi grande e eis que tudo está dando certo!

Esperamos vcs, feliz retorno, sejam muito bem-vindos! Beijos!

alice disse...

Eu li, Simoni.

E falei até pra Zélia que tinha texto seu aqui. E vejo que Deus ouviu você. Ele sempre ouve. Acho que, às vezes, a gente é que finge que não entende o que Ele diz. Não há crise em amar por completo e querer uma casa, vizinhas chatas e limpar a casa. É o que fazemos todo dia. Tem gente que se esforça pra dizer que não faz "o simples" porque é clichê, mas eu sou como você. Limpo casa e aguento vizinha chata. Até que Deus mude os planos.

Belo texto, amiga.
E sumi da comunidade.
Preciso voltar.
Bjs.